Abundância de medo em minha alma.


Obra: O Grito, de Edvard Munch